fbpx

5 Dicas para a ceia de Natal

Recentemente a Experimente Cozinha deu uma entrevista para o jornal Hoje em Dia, para falar sobre dicas para as ceias de Natal e sobre as aulas realizadas no início de dezembro de Ceia Descomplicada (uma parceria Experimente Cozinha e chef Júlia Andrade do amora.blog.br).

Separamos as cinco principais dicas para você aqui também!

  1. Na hora de temperar as carnes brancas, por exemplo, como peru e chester, mais comuns nessa época, é fundamental deixá-las marinando em uma mistura de água, sal e temperos variados com um componente ácido (vinagre ou limão) por pelo menos duas horas. Louro, cominho, alecrim, orégano fresco e tomilho são sugestões para variar o sabor do prato.
  2. Tempo de forno é outro fator que faz toda a diferença no resultado que chega à mesa. Nada de deixar a carne esturricando no calor. O cheiro é um bom termômetro para saber se já está assada. No final da cocção, é só tirar o papel alumínio e regar com o caldo da marinada e um alimento doce, como suco de laranja ou de abacaxi, que ajuda a caramelizar.
  3. Desprezada por muita gente, a salada de folhas pode ser substituída por legumes selados na manteiga. Servidos frios mesmo. Experimente usar berinjela, abobrinha, aspargos e cenoura – essa última temperada com caldo de gengibre – aquecidos na frigideira e montados numa travessa redonda, intercalando cada legume. Na hora de servir, regue com azeite.
  4. Terror de muita gente, que acaba se empanturrando ao longo da noite com tantos petiscos, as entradas também podem ser mais saudáveis e descomplicadas, feitas em casa pelo anfitrião da festa. Experimente tomate e abobrinha assados para compor a famosa ratatouille – especialidade francesa.
  5. Não quer abrir mão das castanhas? Tempere-as na cozinha de casa com azeite, páprica, açafrão, pimenta e mel e asse antes de servir. São uma excelente opção para substituir os amendoins cheios de sódio e ainda ajudam a acelerar o metabolismo.

Gostou? Deixe seu comentário abaixo ou envie suas dúvidas. Estou aqui para responder.

Para quem quiser ler a matéria completa do Hoje em Dia, clique aqui.

 

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


×
Olá, como podemos te ajudar?