fbpx

Legumes caem bem como ingredientes principais de pratos?

Participei de uma matéria do portal Hoje em Dia que falava sobre como os legumes e vegetais estão cada dia mais presentes nas cozinhas. Vou colocar aqui para você o texto da jornalista Patrícia Santos Dumont na íntegra:

“Mania de vegetal: mais do que coadjuvantes, legumes podem ser ingredientes principais de pratos”

(fonte: Hoje em Dia)

Os vegetais estão cada vez mais presentes nas cozinhas – influência da adoção de estilos de vida mais saudáveis e de filosofias como vegetarianismo e veganismo, que crescem a passos largos. Mais do que coadjuvantes, utilizados em guarnições, podem (e devem!) ser encarados como ingredientes principais. Basta comprá-los, combiná-los e prepará-los da maneira certa.

Adepto de uma culinária natural, que preza ingredientes frescos – vão da horta à mesa –, o chef italiano radicado em Belo Horizonte Massimo Bataglini diz que o segredo é escolhê-los no período de safra. Naturalmente maduros, fornecem sabor e textura ideais para brilharem em qualquer receita.

Outra dica do cozinheiro, sócio-proprietário do recém-inaugurado Eva Cucina Originale, no bairro Belvedere, Zona Sul de BH, é “enxugar” os preparos. “Comprar na época certa faz toda diferença, pois o produto estará impecável. Outra coisa é não colocar ingredientes demais, que podem competir pelo brilho. Ao fazer uma abóbora, por exemplo, faça-a bem feita, mas evite os detalhes”.

Menor é melhor

Massimo também sugere escolher legumes menores, dica que vale para abobrinha e berinjela, dois dos mais utilizados por quem quer privilegiar o que vem da terra e, de quebra, reduzir o consumo de carne. “Têm menos água. Portanto, mais sabor, e o aproveitamento torna-se melhor também”, justifica o chef.

Professora de culinária, sócia na Experimente Cozinha – Food Lab, no bairro Santa Lúcia, Zona Sul da capital, Sabrina Gomide também é categórica ao dizer que qualquer legume pode virar iguaria, até mesmo o jiló, rejeitado por muita gente. 

O segredo, segundo ela, está em definir o resultado esperado para, então, escolher o método mais adequado de preparo. “Pode ser servido com um molho, empanado e frito ou até mesmo virar um caldo muito saboroso. Se o que se tem na geladeira são berinjelas, é possível assá-las, refogá-las ou fritá-las. Caprichar nos condimentos também é fundamental”, ensina a professora. 

Sabrina reforça que a versatilidade está também em adaptar receitas tradicionais como quiches, espaguete e massas de lasanha ou de canelone, por exemplo, que, originalmente, levam farinha e recheios ou molhos de carne, lançando mão dos ingredientes naturais.

Mil e uma utilidades

Descasque e pique a cebola, como ensinando na aula. Transfira para uma tigela e misture com o azeite, o vinagre, as raspas e o caldo de laranja e o tomilho. Reserve e sirva com os camarões.

Vegetariana há 13 anos, autora do Viver De Quê? (site, Instagram e canal no YouTube) e, agora, estudante de gastronomia, Débora Campos sabe melhor do que ninguém das mil e uma utilidades daquilo que vem do campo. “Quem sabe cozinhar receitas vegetarianas cozinha qualquer coisa. Aprendemos a usar ervas, temperos, condimentos e a ir experimentando as infinitas possibilidades”, afirma. 

Rainha das “invencionices”, a couve-flor pode virar até carne. Acredite! Na cozinha de Débora, preparada inteira e acompanhada por molho chimichurri – tradicional em países carnívoros, como Uruguai e Argentina –, ganha toque extra para virar estrela sobre um caprichado risoto.

Até a abobrinha italiana, sem graça, na opinião de muitos, pode ser transformada em entrada ou petisco para ninguém botar defeito. Basta “empanar” e servir com molho especial (confira receita no fim da matéria). O mesmo vale para a popular abóbora. Menina versátil, presente em qualquer cozinha, pode virar de caldo a quibe. 

“É um superalimento, além de muito nutritivo. Quem quer ter uma alimentação saudável não tem desculpa, é só usar a criatividade”, reforça Débora Campos. 

Gostou?

Curta e compartilhe esse post com os amigos.

Você pode ler a matéria completa com algumas receitas também no site do Hoje em Dia: https://www.hojeemdia.com.br/plural/mania-de-vegetal-mais-do-que-coadjuvantes-legumes-podem-ser-ingredientes-principais-de-pratos-1.732594

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


×
Olá, como podemos te ajudar?